Clique Aqui para conferir outros depoimentos



 

Bagdá de 18 metros Vikings - SP.

Ficha técnica:

Tema - Escuridão
Balão - Cortado em 4 cones com Kraft 25 gramas e decorado com 20 tacos por gomo no meio e 10 tacos bico e boca.
Gomos - 48.
Cintas - 92 cintas distribuídas de 20 em 20 cm no balão todo.
Respiro – 12 camadas com furos de 20 mm.
Molde - Curitiba.
Leque – esse leque foi um presente do Li Ebert nota 10 do rio , E depois sofreu algumas modificações feitas pela Própria turma.
Boca – 1,80 m feita pelo Claudinho de Mauá.
Bucha – Bom saber o peso dela é difícil, pois nunca pesamos nossas buchas. Seguimos a antiga e certeira regra de ¼ do tamanho da boca no caso de balões com canudo como é a Bagdá.
Bandeira – 21.5 x 30 taco de 10 cm.
Antena- Bom essa foi uma de nossas maiores ousadias nesse projeto. Pois decidimos inovar no material já que estamos buscando uma alternativa a flecha, pois está cada vez mais difícil de achar com qualidade. Resolvemos fazer ela de madeira balsa, a mesma madeira que se é usada para fazer aeromodelismo, as principais características dela são ser leve e resistente, porem ainda não sabíamos se era resistente o suficiente. Que era leve tínhamos certeza, pois a antena toda pesou 4,5 kg comparado com uma de flecha do mesmo tamanho que pesava 9 kg (metade do peso) no fim ela mostrou que também era forte.

Confecção:

Divididos em 4 cones o balão demorou cerca de 3 meses para ficar pronto entre cortar riscar forrar cintar e unir, bom foi bem rápido, mas também o Boca parece uma maquina em cima do balão. Esse é da pegada mesmo. O restante entre bandeira antena cabrestos bichinhos de isopor a esfera que o Alex fez e etc... Foram mais 4 meses de confecção total de 7 meses para ficar tudo pronto e partir para a soltura.

Soltura:

Dia 10 - 07 – 2011

Tudo começou no sábado dia 9 carregamos tudo no caminhão do meu amigo Leandro da Art Humilde de Osasco e levamos para o local que por sorte naquela noite teria a grande festa julina da turma dos Anjos e Padaria. Que fez com que nós tivéssemos uma noite perfeita com muitos juninos no alto e muita comida e bebida a vontade. Nesta noite estava eu com minha família o Bé com sua namorada (Art Humilde Osasco) e Zoinho com sua namorada (x men Pirituba) infelizmente o Boca o Bolô o Hugo o Curió e o Carlos não puderam estar nesse dia anterior.

Tudo parecia perfeito até que as 5:20 da manhã fechou tempo e chegou o vento e até uma garoa gelada, mas como baloeiro não desiste ficamos no campo achando que abriria o tempo ainda de manhã, como isso não aconteceu, mas tínhamos certeza de que a tarde o tempo ficaria bom, passamos o resto do dia preparando com bastante calma tudo, para que ficasse perfeito quando o vento parasse de tarde.

E assim foi 3:30 da tarde o vento estava quase 0 ai decidimos encher o balão. Fizemos as fotos e o pessoal filmou e quando foi 3:50 acendemos a bucha e foi pras guias naquele momento parece que o vento que ainda estava por ali: -Disse vou dar uma trégua pra eles soltarem esse balão.

E assim foi saiu na cabeça tudo perfeito com as madeiras balsa da antena segurando a bronca, e o mais espetacular foi ver aqueles morcegos que estavam no cabresto batendo as asas como se estivessem voando e puxando a bandeira. Isso foi uma surpresa para nós da turma também que nunca imaginávamos que isso ocorreria.

Emoção:

Bom é difícil descrever a emoção de soltar um balão como este é muito tempo valioso que a gente tem na vida e dedicamos ao balão. Mas isso tudo é recompensado quando vemos a felicidade de todos os envolvidos e até mesmo quem não está envolvido. E muito mais ainda quando se tem o apoio de sua família e de sua turma e amigos que chora junto quando o balão está no alto e nos abraçamos para apoiar e parabenizar uma ao outro. Isso é a verdadeira emoção. 

Resgate:

Bom o balão ficou uma hora no alto, pouco tempo as pessoas acham para um balão de 18m, porem o que as pessoas não sabem é que um balão com 20 tacos por gomo forrado. E com aplicações se torna um balão bem pesado junto com todos os enfeites e tudo mais que foi colocado. Para esse tipo de balão e ainda se tratando de Bagdá é bastante tempo 1 hora de vôo. Ele desceu em Guararema e ficou em cima das arvores.

Concorrem em alguma premiação:

Sim concorremos ao Boca de ouro oficial e ao Balão Oscar.

Agradecimentos:

Em primeiro lugar quero agradecer a minha esposa e minha filha por apoiar e compreender o que eu faço. Amo vocês demais. Ao Boca que está aprendendo a colar tacos ainda (risos). Esse ai é o mestre e não por acaso, ele é o cara quando o assunto é decorar um balão, alem de ser uma pessoa super criativa. Ao Dudu da Raios do Sol por estar sempre nos ajudando, Ao pessoal da Art Humilde que sempre está nós ajudando e a X-men também que está sempre dando força na bancada e na soltura.

Ao Curió que é novo na turma, mas está representado forte já. Os isopor do balão ficou tudo por conta dele, valeu Curió muito obrigado e bem vindo a turma. Ao Hugo que também ajuda muito nós. Ao Bolô bom esse ai é baitola, mas está todo dia comigo na bancada. A todos nossos amigos da Paisagem, apesar da distancia estamos sempre ligados e eles sempre estão torcendo por nós assim como nós estamos sempre torcendo por eles, Valeu Paisagem.

Ao Carlos que também está sempre ajudando nós e correndo junto. Ao Li Ebert da nota 10 projetos do rio pelo projeto cedido. E se eu esqueci de alguém me desculpe, mas sou grato a todos que nós ajudaram se eu esqueci nomes ou turmas não foi intenção desculpe. 

O Barco vikings está navegando e sua tripulação está entrosada vamos pra próxima batalha que essa nos ganhamos.
Obrigadoooooo 

Allan Vikings