Clique Aqui para conferir outros depoimentos



 

TRUFF DE 30 METROS.
Neblina, Chapisco e Imaginação - SP

FICHA TÉCNICA:

Nome da turma: Turma da Neblina, Chapisco e Imaginação.
Modelo do balão: Truff.
Molde: Arte Saca.
Tamanho: 30m.
Quantidade de gomos: 100.
Largura máxima: 68 cm.
Bainha do fechamento: 1,5 cm.
Papel utilizado: kraft 30 gramas forrado de seda.
Cintamento: começando de 10 em 10 e na batata 20 em 20.
Respiros:  40 por gomo total de 100 por gomos.
Fechamento: fechado no fio dental grosso.
Cola: mais ou menos 9 litros.
Diâmetro da boca: 3,15 mts.
Tamanho da bandeira: 55m x 70m.
Tamanho dos tacos: 15cmx15cm.
Bainha da bandeira: 1 cm.
Antena: media 56m x 1,50m de largura feita de bambu e enforca gato.
Cabresto de boca: media 5m e feito de corda.
Cabresto da antena : 120m feito de fitilho branco.
Bucha: 60 kg.
Projeto do balão: São.
Projeto da bandeira: Rudy – Neblina.
Tempo de confecção: 7 Meses.
Data da soltura: 02/02/14. 

INICIO DE TUDO: 

Tudo começou com o Tico da Chapisco em uma conversa com o Betão e o Tum, falando que tinha o corte de um Truff de 30 e que gostaria de fazer junto com eles, após decidirem fazer juntos, foi só por a mão na massa, como já tinha um projeto do balão foi só pedir para o Rudy desenvolver um desenho que o Tum já tinha para a bandeira, com tudo na mão foi arrepiar na bancada.

CONFECÇÃO:

Primeiro se fechou o balão no Kraft branco e cintou, após o seu cintamento deu um tempo para a confecção da bandeira, após seu termino voltou-se a sua atenção, porém nesse período aconteceu uns contra tempos, perdeu-se dois cones pronto do balão, mais com simplicidade, humildade conseguimos ajustar esses pontos de transtorno e ergue a cabeça e dar continuidade no projeto, cortou-se novamente esses dois cones levados, e fechou novamente sempre com o objetivo de ver a pelota em pé e realizar o sonho de todos, mesmo com esses transtorno o tempo total de balão e bandeira foi de 7 meses.

SOLTURA:

Com tudo pronto, definido o dia da soltura foi só ir ao campo montar a antena e esticar o cabresto, coisa que se parece fácil mais é muito difícil ainda mais com o sol de 35 graus na cabeça. Chegamos ao local as 9 da manhã perto das 2 da tarde acabou o fitilho, toca ir buscar antes que se fecha tudo, comprado  terminamos o cabresto, ai foi voltar para casa e com insolação (risos), e aguardar a chegada do grande dia. Marcamos de sair de um local, não divulgamos o local para não arrastar muita gente, então quem quisesse sairia conosco. Dia mais que perfeito enchemos o bitelo à noite ainda, o dia foi clareando e estava lá e o nosso sonho estampando os olhos de todos que compareceram na soltura, põe fogo na bucha e libera, mas devagar que o bicho e brutok, um pouco antes de pegar a antena pegou um brisa de leve, nada que comprometesse todo o nosso trabalho, chegou na antena e foi só liberar, a cada faixa que saindo até chegar o seu fim.

EMOÇÃO:

Assim que o balão ganhou o céu todos da turma se abraçaram, pois era tanta emoção, não sabíamos se chorava, se gritava, se ficava só olhando nosso balão lindo ali espetado no céu, isso não tem nem como descrever é uma sensação de sonho realizado dever cumprido, ainda mais quando os amigos vem nos abraçar e dar os parabéns, isso não tem dinheiro que pague. 

RESGATE:

Após desfilar por 2 a 3 horas ele veio a descer em Cipo Embu Guaçu.

CONCORREM EM ALGUMA PREMIAÇÃO:

Boca de Ouro e Incetivo Zona Leste.

AGRADECIMENTOS:

Agora é a hora difícil, não podemos esquecer de ninguém pois fica chato, então vamos lá.
Primeiro a todos os integrantes das turma Neblina, Chapisco e Imaginação.
Segundo aos amigos Gleison Tirando Onda que risco as mascaras, Robertinho Monte Magno, Pomatinha, ao Tinão  que cortou o danado responsa que não é para qualquer um, aos amigos da Pé Rapados, Status, Karudos e Pernalonga, Lembrado que nada se faz sozinho sem a ajuda dos amigos.
Mais uma vez obrigados a todos:
“A gratidão é um fruto de grande cultura; não se encontra entre gente vulgar.”