Clique Aqui para conferir outros depoimentos



 

Truff de 17 metros Emenda - SP

 

Ficha Técnica:

Nome da Turma: Emenda - SP.
Modelo do Balão: Truff.
Molde: Truff Emenda – Azul, vermelho e branco.
Tamanho: 17 metros.
Quantidade de Gomos: 56.
Largura Máxima: 74 cm.
Bainha de Fechamento: 1,2cm.
Papel Utilizado: Seda – Resma e bobina.
Cintamento: 70 cintas somente durex.
Respiros: 08 furos no bico.
Fechamento: Um fio dental médio por gomo.
Cola: 3 Quilos aproximadamente.
Diâmetro de Boca: 1,65cm.
Tamanho da Bandeira: 18 x 25 metros.
Tamanho dos Tacos: 11.
Bainha da Bandeira: 1cm.
Antena: Material utilizado flecha e caniço, antena chapada, largura 50 cm, sendo três travessas, duas de caniço e a central flecha.
Cabresto de Boca: Nylon fino 3,8 metros.
Cabresto de Antena: Nylon fino 43 metros.
Adereço: Somente engate central para cabresto de boca, de bandeira e guia central.
Bucha: 2 quilos.
Projeto do Balão: Dedé.
Projeto da Bandeira: Dedé.
Tempo de Confecção: 6 meses.
Data da Soltura: 29/06/2014.


Balão homenagem a Noel Rosa – sambista, compositor, poeta da vila, também conhecido por frankstem da vila, por ter sofrido em seu nascimento, um problema com o forceps, que o deixou com queixo defeituoso.

Trocou a faculdade de medicina, pela boemia, foi para outro plano antes do combinado, aos 26 anos de idade, deixou uma obra rica em material musical, é lembrado hoje todos os dias, com suas obras, é dono de aproximadamente 293 músicas , foi conhecido a trazer o samba para o asfalto. Quem quiser conhecer sobre Noel Rosa leia alguns livros, e existem 3 filmes sobre ele. Vale o conhecimento.

O início de tudo:

Este projeto foi desenvolvido pelo Renato e o Rubinho, dois sonhadores alucinados por música e principalmente samba, como somos muito fãs de Noel Rosa, e nunca ninguém havia feito uma homenagem ao poeta da vila, resolvemos fazer um balão ecológico para o festival do rio de janeiro, mas infelizmente o festival foi cancelado.

Confecção:

A bandeira foi feita em duas partes, metade eu e metade meu irmão, primeira bandeira eliminando os rolinhos, fechamento direto das placas e bainhas em um único processo.
O balão foi feito por nós, primeiro, riscamos os gomos na seda branca, literalmente um dia eu riscava e no outro o Renato riscava e assim foram feitos os desenhos até o final , a partir daí confeccionamos os gomos na seda de acordo com suas respectivas cores.

Soltura:

Momento mágico, dia razoável, balão ficou de pé sem vento algum, quando chegou perto da antena pegou uma brisa forte, como campo era muito apertado, sofremos um pouco, más com a colaboração das pessoas no campo e os guias central e laterais, conseguimos tirar o balão, mesmo a bandeira ter raspado em uma arvore, não sofreu nenhum rasgo.

Emoção:

A emoção de soltar um balão com este tema e com as pessoas que estiveram e algumas que não puderam comparecer por força maior não tem preço, somente quem solta balões sente este momento, indescritível e sensacional de ser baloeiro, amamos balão !!! E viva Noel Rosa!

Resgate:

Sem notícias de resgate , avistado pela última vez em alto mar sentido Espírito Santo.

Concorrem a alguma premiação:

Não.

Agradecimento:

Agradeço a todos os membros da turma pelo o empenho e ajuda, Dantop não estava no campo mas me ajudou de mais, ao Wallace HD por ter feito a primeira antena no Rio, por todas as pessoas que estavam no campo.