Clique Aqui para conferir outros depoimentos



 

Bagdá de 32 metros Balopira - SP

Ficha Técnica

Molde: Colorir (a não ser pelo bico matado pelo Paulinho da Ícaro)
Quantidade de gomos: 80 gomos
Quantidade de cone: 8 cones
Papel: krafft 35 gr
Cintamento: 5cm mínimo-25cm máximo
Leque: Grow
TEMA. Alem da Imaginação
Boca: 3.63mt
Bucha: 54 kg. Algodão e Parafina.
Respiro: 80 por gomo
Bandeira: 45,50 X 64,50

Inicio de Tudo

A turma sempre gostou de Bagdá e depois de ter ganhado um festival com uma de 14 riscada decidimos fazer uma maior, depois de muita conversa decidimos o tamanho que seria de 32 mts., depois disso passamos para o tema e quem faria o leque, como todos gostamos dos desenhos do Boris decidimos que seria baseado nos desenhos dele, e como o Grow também gostava bastante deste tipo de arte escolhemos todos os desenhos e entregamos para ele fazer o leque e a bandeira.

Confecção

Desde o corte do balão feito pelo Paulinho da Ícaro, ate a união dos cones foram 2 anos de trabalho, contado com alguns contratempos (paramos alguns meses pela visita indesejada da policia em nossa sede), mas o mais engraçado é que todos dizem que a pior parte seria a forração do balão, essa tiramos de letra o balão, foi totalmente forrado e 4 meses e meio.

Soltura

Nossa idéia desde o inicio era acertar o dia na primeira vez que levasse pro campo, mas infelizmente na 1º tentativa estava uma noite maravilhosa, mas assim que amanheceu, o tempo fechou em poucos minutos e decidimos abortar a soltura do mesmo, na 2º tentativa aconteceu o mesmo , mas a nevoa desceu antes mesmo do amanhecer, conversamos bastante depois disso e decidimos só confirmar o balão mais uma vez esse ano, caso não subisse guardaríamos o balão para o próximo ano, mas graças a Deus no dia 20/11/2010 tudo montado novamente a adrenalina correndo a mil, e a manhã esperada chegou, enchemos o balão e era tudo que esperávamos um lindo balão, (a não ser pelo erro de ponto no bico do balão, sendo que o Paulinho da Ícaro que tirou a escala e cortou o balão, aqui deixamos nosso muito obrigado a ele por este presente), tudo correu como programado, a não ser pela brisa que o balão pegou assim que chegou na antena, mas com calma levamos o balão até o centro da antena e foi só respirar fundo e ver aquela maravilhosa bandeira sair.

Emoção

Difícil explicar com palavras, até porque pra nós esse balão representava muita coisa, quando o balão ficou em pé ficamos já com lagrimas nos olhos, aconteceram varias coisas durante a confecção do balão, ficamos sem bancada, mas fazemos balão para expressar a nossa arte que é e sempre foi baseada na amizade em que temos, somos realmente uma família, por isso nos emocionamos a cada balão que soltamos, porque cada um leva uma historia de amizade que construímos a cada dia na bancada, no café aos sábados na padaria, nos churras...isso ai é a família Balopira e esse balão representou pra gente tudo isso.


Resgate

Ficamos sabendo que o balão desceu em próximo a Mogi chegaram poucas pessoas, pois o tempo estava fechado, balão pegou o vento baixo e desceu com muita força vindo a queimar.

Premiação

Nossa maior premiação foi ter visto tudo ter dado certo nossa turma cada vez mais unida e nossos amigos presentes. Nada disso valeria apena se nossos amigos não estivessem conosco.

Agradecimentos

Agradecemos a DEUS e aos amigos que me ajudaram, só não vamos citar nomes para não sermos injustos e esquecer de alguém, mas tenho certeza de que eles sabem quem são, estamos junto sempre, a ajuda deles foi primordial para o sucesso do projeto tanto na fase de confecção quanto na soltura, aqui vai nosso muito obrigado de todo o coração.

FAMÍLIA BALOPIRA.